Quais tipos de custos incidem sobre cada investimento?

Fundos DI

  • Taxa de administração sobre o valor investido (o fundo BNP Paribas Optimum DI cobra 0,50% ao ano e o fundo BP Yield cobra 0,30% ao ano)

Fundos Multimercados

  • Taxa de administração sobre o valor investido (o fundo AZ Quest Total Return cobra 2,00% ao ano)
  • Taxa de performance sobre a rentabilidade que exceder o CDI (o fundo AZ Quest Total Return cobra 25% dos ganhos que excederem o CDI)

ETFs (Fundos de Índice)

  • Taxa de administração sobre o valor investido (0,20% ao ano para o BRAX11 e 0,69% para o SMAL11)
  • Taxa de corretagem sobre cada transação, cobrada pela corretora (clientes Magnetis são isentos dessa taxa na primeira aplicação, R$ 10 por operação para compras ou vendas subsequentes)
  • Taxa de emolumentos, liquidação e registro, por transação, cobrada pela BM&FBovespa (0,0325% do valor, por operação).

Títulos privados (CDB, LCI, LCA e LC)

  • Não têm taxa de administração
  • O custo é o spread da corretora, que hoje estimamos em 0,28% ao ano, e já está embutido na taxa oferecida ao cliente. Spread significa diferença entre taxas e, para o investidor, vai refletir no percentual do CDI que o título em questão vai render (entenda o spread).

 

Leia também: Qual é o custo total das carteiras recomendadas pela Magnetis?



Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

Comentários